Cresce o número de crianças que se submetem a cirurgias plásticas

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, no Brasil, são realizadas anualmente aproximadamente 127.887 mil cirurgias plásticas em crianças. Isso significa que 21% dos procedimentos cirúrgicos estético reparadoras realizadas no pais referem-se ao universo infantil, uma vez que o total anual dessas cirurgias corresponde a cerca de 616.287 mil.

Segundo o cirurgião plástico Dr. Naif Thadeu, as cirurgias reparadoras são as mais realizadas em crianças de até três anos de idade,compreendendo principalmente a correção das más formações congênitas, como, por exemplo, fissuras de lábio e palato (causadas pelo não fechamento destas estruturas na fase embrioná-la). “A cirurgia para corro da fissura labial pode ser realizada, em alguns casos, Já nos primeiros dias de vida (24 a 72 horas)”, esclarece o especialista. Portanto,uma avaliação precoce com o cirurgia é sempre recomendada.

Outras cirurgias reparadoras realizadas nesta faixa etária referem-se a acidentes domésticos que provocam queimaduras, além dos traumas por quedas que podem causar ferimentos e fraturas dos ossos da face. Tumores congênitos de face, cabeça e pescoço também só freqüente se podem ser operados com sucesso pela moderna técnica de Videoendoscopia.

Além dos já citados, os hemanglomas também fazem parte dos motivos de procura nessa fase Inicial da vida.

Vale ressaltar que a polidactilia  (excesso de dedos) e Sindactilia (dedos colados) também são deformidades abordadas cirurgicamente até aos 3 anos de Idade.”Diante de qualquer deformidade que a criança venha apresentar, as mamães podem ficar tranquilas. Hoje,a ciência médica possui soluções bastante razoáveis , adianta o Dr. Naif Thadeu.

Em relação às cirurgias estéticas, a mais procurada é a Otoplastia (correção das orelhas em abano), porém, este procedimento apenas pode ser realizado após os quatro ou cinco anos de Idade. Isso porque, nesta fase, a orelha já se desenvolveu bastante e adquiriu um formato que não mudará multo até a Idade adulta. Além disso, é Indicado operar quando a criança ainda está na fase pré.escolar, para evitar problemas de socialização com outras crianças (este’defeito’ pode ser motivo de chacota entre os amigos).

Já a Rinoplasta, cirurgia de nariz. que é a segunda mais procurada, deve ser realizada quando os ossos da face param de crescer. Entre sete e 14 anos,aparecem as grandes mudanças ósseas faciais e o nariz pode,de repente,mudar de formato. Assim, o mais Indicado é operar após esta fase.

Orientação aos Pais sobre cirurgias plásticas

Já as cirurgias plásticas podem significar um grande avanço na sociabilidade de determinadas crianças. No entanto, na grande maioria, os pais sentem-se confusos quando se trata de escolher um tratamento cirúrgico para seus filhos, e ainda quando estes se mostram Interessado sou não em corrigir alguma característica física.

Nos casos de procedimentos reparadores para defeitos congênitos de lábio, palato ou mesmo de crânio, os benefícios do tratamento aos primeiros meses de vida são mais claramente assimilados pela fama.

Entretanto, em procedimentos como no caso da Otoplastia (plástica de orelha em abano), a decisão fica mais difícil. Se a criança não se mostrar incomodada com a situação, os pais devem se manter atentos, sem forçar o assunto de uma cirurgia. Por outro lado, se a criança estiver sendo vitima de chacotas e brincadeiras que possam vir a comprometer sua auto-estima, o papel de apoio dos pais pode ser fundamental, informando e amparando o desejo às vezes inconsciente da criança, principalmente pelo medo de dor e de sofrimentos de um procedimento cirúrgico.

 

Agende seu Horário:
(11) 5083-3615 | (11) 94758-3032

Rua Machado Bittencourt, 361, Cj 607 Vila Clementino – SP


Dr. Naif Thadeu
CRM-SP 38531 / RQE 24614

 

Está gostando? Então Compartilhe 😉

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram